Receita da Amazonia: Pirarucu de casaca

Mais uma receita amazônica: PIRARUCU  DE CASACA


Receita da Amazonia: Pirarucu de casaca


O pirarucu é um dos maiores peixes de águas doces fluviais e lacustres do Brasil. Pode atingir três metros e seu peso pode ir até 200 kg. É um peixe que é encontrado geralmente na bacia Amazônica, mais especificamente nas áreas de várzea, onde as águas são mais calmas.

Costuma viver em lagos e rios de águas claras e ligeiramente alcalinas com temperaturas que variam de 24 a 37 °C, não sendo encontrado em zona de fortes correntezas e águas ricas em sedimentos.

O nome deste peixe vem de dois termos tupi: pirá, "peixe" e urucum, "vermelho", devido à cor vermelha de sua cauda.


Risco de extinção do pirarucu


O pirarucu chega ao mercado em mantas, depois de passar por processo de salga ao sol. É conhecido também como o bacalhau da Amazônia devido ao sabor e qualidade da carne, quase sem espinhos.

Infelizmente com o aumento da pesca comercial nas últimas décadas, os estoques pesqueiros vêm sofrendo uma pressão cada vez mais intensa. Isso gera impacto nas populações das principais espécies comerciais, como o pirarucu.

A espécie corre risco de extinção devido à pesca predatória praticada ao longo de muitos anos. A reprodução natural do peixe é insuficiente para repor o número de pirarucus pescados.

A exploração não sustentável fez com que o Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - criasse em 2004 uma Instrução Normativa que regulamenta a pesca do pirarucu na Amazônia, proibindo-a em alguns meses do ano e estabelecendo tamanhos mínimos para pesca e comercialização da espécie.

Receita:


1 kg. de pirarucu
1 litro de farinha d´ água
1 garrafa grande de leite de côco
4 ovos
1 lata de ervilha
1 cebola Grande
Bastante cheiro Verde
5 tomates
3 pimentões
100 g.azeitonas
Pimenta a gôsto
Pickles
1 xícara cheia de azeite
Vinagre a gosto

Assar na brasa ou fritar o pirarucu, depois desfiar.
À parte, molhe a farinha com o leite de côco.
Fazer em uma tigela o môlho com o restante dos ingredientes cortados bem miudinho (tomates, pimentões, etc.)

Montagem:
Montar em uma travessa que possa ir ao forno entremeando tudo e por cima regue com mais um pouco de azeite e leve ao forno.


Receita da Zenaide de Manaus mãe da Keila.

0 comentários

Gostou do que leu? Comente aqui ou compartilhe a postagem

Reserve seu hotel pelo Booking

Booking.com

Inscreva-se por email e receba nossas atualizações

* indicates required

Powered by MailChimp