Passeio "Todo Glaciares"

E finalmente, alguns dos passeios em El Calafate...

O passeio Todo Glaciares parte de Punta Bandera, a 50 min aproximadamente de distância de El Calafate (a maioria das agências inclui o traslado desde o hotel até o Porto), onde você embarca em um catamarã para navegar pelo Lago Argentino, visitando os glaciares Seco, Spegazzini, e Upsala, este considerado o de maior superfície de todo o Parque Nacional Los Glaciares, com 595 km2 e paredes de 60 a 80 m de altura. De todos os passeios ao Lago, este é imperdível, e é o mais completo. Passeio Todo Glaciares El Calafate



A navegação é no meio de enormes icebergs de um azul incrível!

Todo Glaciares El CalafateIcebergs no lago argentino
Todo Glaciares El Calafate

Todo Glaciares El Calafate
Na hora do almoço desembarca-se na Bahia Onelli, onde pode-se almoçar no restaurante, que é bem gostoso, serve um corte de carne argentina muito bom, ou, como é normal lá, comer o lanche que você mesmo levou.
A Bahia Onelli é um lugar muito impressionante, com um bosque típico andino patagônico, que pode ser atravessado facilmente para chegar até a Lagoa Onelli, cheia de gelo, pois é onde confluem os glaciares Onelli (45 km2), Bolado (16 km2) e Agassi (31 km2).

Bahia Onelli A visão do gelo na lagoa é algo inesquecível, considerando também que este é um dos únicos lugares onde você você vai poder tocar na água e pegar um "mini-iceberg" na mão! Passeio Todo Glaciares El Calafate, veja icebergs na Argentina

Depois deste desembarque, retorna-se ao barco, seguindo em direção a Porto Bandera para retornar a El Calafate.

Durante o inverno esta excursão muda de nome para Rios de Hielo (Rios de Gelo) e só se visita dois glaciares, devido ao frio, ao gelo e à pouca luz natural.

Dicas: Lembre-se de levar pesos argentinos porque a maioria dos passeios não inclui o ticket de ingresso aos parques, e você terá de pagá-lo em moeda local ao chegar.

O almoço também não está incluído, e recomenda-se fazer uma reserva. Importante: o restaurante não aceita cartão de crédito (ou pelo menos não aceitava na época)! Só Pesos e Dólares (e talvez Euros)...

4 comentários

  1. Obrigada pelas dicas super praticas!!! Estou indo agora nesse carnaval para El Calafate e com certeza as suas informacoes me ajudaram muito!!!

    ResponderExcluir
  2. Que bom ter ajudado, Soreia! Curta muito sua viagem!

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do post, mas tenho uma dúvida, você precisou de uma roupa especial para fazer o mini-trekking? Além das luvas precisou de calças especiais ou casacos?

    ResponderExcluir
  4. Nathalia, é fundamental estar bem quentinha até começar o trekking. Não há necessidade de roupas especiais, como aquelas para esquiar, por exemplo, mas é importante estar com meias grossas, de lã, calça bem quente, uma meia-calça ou aquelas roupas térmicas por baixo, e um casaco impermeável, daqueles esportivos, para cortar o vento. Roupas de lá normais deixam passar o vento e vc vai se sentir gelada.
    Com o esforço (leve) da caminhada, vc vai até sentir calor, mas antes e depois da caminhada o vento é muito intenso, e fica realmente gelado.

    ResponderExcluir

Gostou do que leu? Comente aqui ou compartilhe a postagem

O que você procura?