Um dia, 2 safáris

Africa do Sul, Um dia, 2 safáris


Quando você está em um lodge, que é como se chamam os hotéis que ficam dentro das reservas no Kruger Park, na Africa do Sul, são realizados dois safáris por ida, um pela manhã, bem cedo, ao amanhecer, e outro à tarde, ficando até a noite.


O que você vai ver no safari

O principal objetivo de um safári é ver, e claro, fotografar, os Big Five: leão, leopardo, rinoceronte, búfalo e elefante. Mas você também vai ver muitos antílopes, zebras, girafas, hienas,pássaros.


Os passeios ocorrem em carros abertos, jeeps ou land rovers, para permitir que todos tenham uma visão privilegiada do ambiente e dos animais. Não precisa ficar com medo... Os animais não costumam atacar os carros, e os guias e trackers ("mateiros" locais, que vão sentados em uma cadeirinha pra fora do carro - !!! -, armados) são muito experientes e sabem o que fazer para não irritar os animais.


Os animais não atacam os carros porque imaginam que se trata de outro animal, mas com um cheiro ruim (de combustível), maior que eles e que não os ataca, por isso não há porque ter medo.

É claro que você vai sentir uma certa adrenalina quando se vir rodeado por um bando de leoas, mas é muito seguro. Acidentes ocorrem, mas só se o turista desavisado sair do carro, porque nesse caso ele se transforma em um "filhote, pequeno, com cheiro bom, e fácil de atacar". Entre 1990 e 2005, aproximadamente 600 pessoas foram comidas por leões na Tanzânia. Na África do Sul é mais raro e não há números oficiais. Também não é permitido levantar do banco, falar alto e ficar agitado, porque os animais podem se sentir ameaçados e atacar.


Em nosso primeiro safári, não oficial porque era apenas o caminho do aeroporto até o hotel, avistamos elefantes e girafas, e eles estavam agitadas, sinalizando a presença de leões pelas redondezas. O guia nos perguntou se estávamos com pressa, e se ele podia já nos levar pra ver um pouco dos animais. Claro que dissemos para ele fazer o que queria. Ele se empolgou tanto que foi até um ponto em que havia um grupo de elefantes nadando no rio, mas não percebeu a presença do macho entre o carro e o bando. Sentindo-se ameaçado, o elefante macho começou a fazer sons ameaçadores e correu em direção ao nosso jipe, com as orelhas abertas (sinal de ataque). O ranger armou o rifle que sempre leva (por precaução) e o motorista, que é sempre o guia, deu marcha a ré correndo. Emocionante!


Como se vestir para um safári:

Roupas claras (bege, branco, cinza claro). Evite roupas escuras, porque quando faz calor atraem mais mosquitos, e vermelhas, porque podem ser agressivas aos olhos dos animais. De manhã cedo e à noite, nos períodos de inverno (maio, junho, julho), faz bastante frio, a temperatura na África do Sul pode chegar a 0ºC na Savana, e com o carro em movimento, a sensação térmica pode ser de vários graus abaixo de zero, por isso leve agasalhos, mas use roupas por baixo para quando o sol sair. Muitos lodges oferecem mantas e cobertores para você se esquentar quando cai a noite. Providencial! Quando o sol aparece, a temperatura esquenta rápido, e você poderá ficar tranquilamente de camiseta. Maiores detalhes em "o que levar para um safári"


Reserve hoteis na Africa do Sul pelo Booking.com


Leia também:

0 comentários

Gostou do que leu? Comente aqui ou compartilhe a postagem

Reserve seu hotel pelo Booking

Booking.com

Siga o Receitinhas e Viagens no Pinterest