Belo horizonte: confins ou pampulha?

Estive em Belo Horizonte pela primeira vez recentemente, a trabalho.

Eu mesma sugeri os horários e locais das passagens: ida Santos Dumont - Confins, retorno Pampulha - Santos Dumont.

Como Pampulha é um aeroporto mais central, achei que era uma excelente opção, afinal economizaria uma hora de transito ( e RS 100,00 de taxi), mas quase deu tudo errado, e eu vou explicar agora o porquê.

Choveu muito nesse dia, e muitos voos foram cancelados. Cheguei no aeroporto por volta das 5 da tarde, achando que ia ter atraso. Quando vi, todos os voos para esse aeroporto, que é pequeno e não opera por instrumentos, tinham sido cancelados e só sairiam no dia seguinte. Achei que eu ia dormir em BH mas por sorte o meu vôo era o único ainda previsto.

Avião em solo, surpresa! Não era um avião grande, desses com várias turbinas enormes. Era um turbo hélice! Fiquei com medinho!  Como esse avião ia voar com a chuva e as nuvens carregadas?  E pior, o vôo que nos aviões "normais" dura uns 40 ou 50 minutos, neste duraria uma hora e meia! Bom, deu certo e o vôo foi otimo, apesar de mais longo e o avião ser pequeno.

Mas, em resumo, se você não quer ter surpresas de vôo cancelado, ou se você tem medo de avião pequeno, escolha Confins, pois haverá mais opções de vôos  e mais garantia de que você não vai ficar em solo, por ser um aeroporto de grande porte.

0 comentários